20/04/2017 07h53

Sete espera público recorde para o jogo de domingo no Douradão

Para facilitar, os ingressos estão à venda desde o início da semana nos três pontos que o torcedor do clube já se acostumou.
Em jogo semifinal de 2016, mais de 6 mil torcedores ocuparam as arquibancadas do Douradão - Foto: Adriano Moretto/Arquivo Em jogo semifinal de 2016, mais de 6 mil torcedores ocuparam as arquibancadas do Douradão - Foto: Adriano Moretto/Arquivo
Douradosnews

Sete de Dourados e Novo decidem no próximo domingo, às 16 horas, no Estádio Douradão, uma vaga na decisão do Campeonato Estadual. Vencedor no primeiro jogo por 1 a 0, o time de Campo Grande depende de um empate para ser finalista pela primeira vez desde que disputa a Série A em 2013.

Já o Sete, atual campeão, precisa da vitória e, para isso, espera contar com a torcida douradense, que fez a diferença nos jogos finais de 2016 e, para facilitar o acesso, espera que o torcedor antecipe a chegada ao Estádio Douradão e prepara até show de abertura para isso.

No ano passado, nesta mesma fase, o Sete enfrentou o Operário e se classificou com dois empates sem gols, já que tinha essa vantagem. No jogo da volta, o adversário foi até mais oportunidades de vencer o jogo, e o Sete conseguiu a classificação para a decisão até então inédita empurrado por mais de 6 mil torcedores, destes 5.451 pagaram ingresso, proporcionando renda de R$ 54.220,00. Números só superados na primeira partida final, contra o Comercial.

Repetir esse público é o que espera a diretoria do Sete, que trabalha para organizar a logística que atenderá o maior número de torcedores no Douradão neste ano, marca, por enquanto, da partida pela Copa do Brasil contra o River-PI, no dia 8 de fevereiro, com 2.542 pagantes. "É o que nós esperamos. Vai ser muito importante para o time contar com o torcedor empurrando o time em busca de reverter a vantagem do adversário. Além disso, uma boa renda nós da fôlego nesta reta final de competição", explica o gestor do clube, Tony Montalvão.

Para facilitar, os ingressos estão à venda desde o início da semana nos três pontos que o torcedor do clube já se acostumou. No Centro podem ser adquiridos na Loja Camisa 10, no Shopping Avenida Center no quiosque do Sete e na rua Coronel Ponciano na Loja Samil Esportes. Apesar da importância do jogo, os preços foram mantidos, inclusive são os mesmos praticados no confronto com o Operário ano passado. As cadeiras cobertas custam R$ 20, as arquibancadas centrais R$ 10 e a novidade é a arquibancada setor verde (laterais) custando apenas R$ 5.

  • Filas

Nos jogos decisivos de 2016 contra Operário e Comercial, muitos torcedores perderam os primeiros minutos de jogo por chegarem com pouco tempo de antecedência e a orientação para evitar esse contratempo é antecipar a chegada ao estádio. "O torcedor que comprar ingresso antecipado e chegar ao está por volta das 14h30, 15h com certeza não terá problemas para entrar e encontrar um bom lugar.

Aqueles que chegam faltando dez, 15 minutos, infelizmente encontra um afunilamento inevitável, por mais que colocamos pessoas para trabalhar neste acesso", explica Tony.

Para entreter o torcedor que antecipar a chegada ao Estádio Douradão, está programado um show com a dupla Marcos César e Juliano à partir das 14h30. Outro benefício de se antecipar a chegada ao estádio é poder estacionar em um bom local. Apesar do amplo espaço destinado aos carros dos torcedores, os espaços centrais e próximos à rua Coronel Ponciano são os primeiros a serem ocupados.


Envie seu Comentário